ONLINE
1





Partilhe este Site...

 

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/dicas.JPG

 

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/orientapaisbanercoluna.JPG

 

 

 http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/saudebucalnagestacaobotao.JPG    

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/ronco.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerhalitose.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/endo.JPG

  

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerbruxismo.JPG

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/doen_as.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerfotos.JPG 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/banner_fale_conosco.png


DENTE SISO
DENTE SISO

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/images.jpgQuantos dentes do siso existem?

Existem quatro dentes do siso: dois superiores, sendo um direito e um esquerdo, e dois inferiores, também direito e esquerdo.

Em que idade eles normalmente erupcionam?
A erupção ocorre normalmente dos 17 aos 20 anos; portanto são os últimos dentes da dentição a erupcionar.



Todo mundo tem o dente do siso?
http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR8BJH4llU3yCCvXr6VTgItZMW2f6WqO2uRwIEqfSwMtrUTYTU9vw&t=1
Não.

Por que às vezes eles não erupcionam?
Porque algumas pessoas não possuem mesmo o dente do siso (germe dental); às vezes, não erupcionam por falta de espaço na arcada dental, ou ainda, pela posição horizontal do dente, o que dificulta sua irrupção.

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/dente_siso_nascendo.jpg
O que acontece se ele ficar dentro do osso (não erupcionar)?
Pode produzir reabsorções de dentes vizinhos, transtornos dolorosos ao paciente e possíveis degenerações (lesões císticas).
 
O que acontece se ele erupcionar parcialmente?
A erupção parcial ocorre geralmente por falta de espaço na arcada ou pela posição horizontal do dente. Ambos os casos dificultam a erupção, ocorrendo, dessa forma, a erupção parcial do siso. Um terceiro molar erupcionado parcialmente pode provocar gengivites (inflamação da gengiva), abscessos, irritação local, dor, edema e até mesmo o aparecimento da cárie dental  já que a higienização se torna difícil na região.
 
 
http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcR-czDlZwqAXB-yCLXFhYbop9PSRCG7O86rTHGvzvoGQP8qPrTSTwÉ verdade que o dente do siso empurra os outros dentes, provocando mudança de posição?
Há duas correntes: a primeira diz que , se houver espaço suficiente para a erupção do siso e o paciente não tiver tendência a apinhamento (mudança de posição), não haverá problemas; já a segunda diz que, se o espaço for insuficiente e o paciente, submetido à ortodontia e com tendência a apinhamento, ou mesmo, só submetido à ortodontia, mas com a mesma tendência, poderá ter problemas futuros, como apinhamento de dentes.


  
http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/pericoronarite_21.jpgQuando a gengiva do dente do siso que está erupcionado inflama, o que fazer?
Deve ser feita a remoção do tampão gengival que cobre parcialmente a superfície dental (ulectomia) ou a curetagem gengival, ambos realizados pelo profissional . O paciente, para melhorar esse quadro inflamatório, poderá realizar higiene oral rigorosa no local; bochechos com anti-sépticos bucais podem amenizar o quadro, mas, para resolver o problema, o paciente deverá procurar um cirurgião dentista.

http://www.mfortodontia.com.br/wp-content/uploads/dor-no-dente-siso.jpg
Quando é indicada a extração do siso?
  A extração destes dentes deve se basear através de um diagnótico radiográfico e em motivos clínicos os como por exemplo:
- Falta de espaço no arco dentário, que podem levar a má oclusão dentária e sintomas dolorosos na ATM (articulação temporo-mandibular)
- Má posição do elemento dentário incluso
- Pericoronites recorrentes (inflamação local)
 
- Indicações protéticas ou ortodônticas;
- Processos patológicos como trismo, abscesso, cistos...
- Terceiros molares que não possuem dente antagonista, ou seja, não possui o dente da arcada oposta a ele. Podendo levar a extrusões (dente “crescer”)
 
          http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/12725135_887953871302886_1498192740_n.jpg
A idade considerada ideal para extração dos terceiros molares ou dentes do siso impactados é entre 16 e 17 anos, pois o aumento natural da densidade "dureza do osso" que ocorre com o avanço da idade e características anatômicas da formação e posição em que se encontram os dentes do siso, poderão dificultar a sua remoção.
- Problemas periodontais ou cárie tanto no dente do siso como no segundo molar, pela retenção de alimentos e dificuldade de higienizar, se erupcionado.

  

 Como é feita a cirurgia para extração, dos dentes do siso?

      A cirurgia para remoção dos dentes do siso, depende inicialmente de uma série de medidas preparatórias, que são efetuadas, antes a após, o procedimento cirúrgico. As medidas que antecedem a cirurgia são: a anamnese (questionário, sobre a saúde do paciente), exame clínico oral e radiológico do paciente e medicações pré operatórias (antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios e calmantes, se necessário).       

 

Na cirurgia para remoção dos dentes do sisos, assim como para os diversos outros tipos de cirurgia oral, compreende: o preparo da sala cirúrgica, da paramentação, do campo operatório, da anestesia tópica (anestesia tópica - pomada anestésica), da anestesia infiltrativa ou troncular, da incisão, do descolamento do tecido gengival e do tecido que reveste o osso (periósteo), osteotomia (remoção do osso que recobre o dente), odonto secção (corte do dente em partes), remoção do dente, osteoplastia (arredondamento, das bordas do osso do alvéolo – cavidade) curetagem - para remover os restos de osso e pedaços de dentes, que porventura possam estar dentro da cavidade, e sutura (pontos), que normalmente são removidos, após 7 dias.

 

 

Complicações

A perda de sensibilidade (parestesia) temporária talvez seja a mais temida complicação  em cirurgia de sisos mandibulares. Hemorragias leves são comuns, mas não causam complicações maiores. Edema (inchaço) é comum, mas pode ser prevenido com uso de medicamentos, compressas frias e repouso. Hematomas (“manchas rochas”) podem ocorrer, mas não é sinal de complicações ou problemas. Elas desaparecem em torno de uma semana.

 

Para tornar a cirurgia o menos traumática possível para o paciente, pode ser utilizada sedação por óxido nitroso.

 

topo