ONLINE
2





Partilhe este Site...

 

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/dicas.JPG

 

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/orientapaisbanercoluna.JPG

 

 

 http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/saudebucalnagestacaobotao.JPG    

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/ronco.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerhalitose.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/endo.JPG

  

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerbruxismo.JPG

 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/doen_as.JPG

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/bannerfotos.JPG 

http://images.comunidades.net/cli/clinicaciso/banner_fale_conosco.png


Liquen Plano
Liquen Plano

 

É uma doença muco cutânea (que ocorre tanto na pele como em mucosa). Consiste em uma inflamação crônica da mucosa oral sem causa conhecida, caracterizada por remissões e agudizações. Quase 50% dos pacientes com líquen cutâneo apresentam lesões orais que podem ocorrer antes que as lesões de pele. Afeta mais as mulheres, principalmente com idade superior a 40 anos.
 

Ocasionalmente o paciente apresenta queixa de ardor, prurido ou coceira na região.

 

http://clinicaciso.no.comunidades.net/imagens/liquenplano.jpgCOMO APARECE CLINICAMENTE

 

As lesões bucais são frequentemente múltiplas, bilaterais, estriadas ou como placas esbranquiçadas, ocasionalmente erodidas. Pode se apresentar de três formas:

  • Reticular
  • Eritematoso ou atrófico
  • Placa

O tipo mais comum é a forma reticular, caracterizada pela presença de numerosas linhas ou estrias ceratóticas que se entrelaçam produzindo um padrão rendilhado. A área mais comumente envolvida é a mucosa jugal.
 

O eritematoso ou erosivo, apresenta-se geralmente na língua ou mucosa jugal.
 

O líquen plano em forma de placa tende  a assemelhar-se clinicamente à leucoplasia, com distribuição multifocal. As placas variam geralmente entre ligeiramente elevadas e lisas a levemente irregulares. A localização principal desta variante é no dorso da língua e na bochecha.
 

Existe também uma  forma mais rara de líquen plano que é a variante bolhosa. As bolhas ou vesículas variam de alguns  a vários centímetros de diâmetro. Essas bolhas geralmente tem curta duração e, ao se romperem, deixam uma superfície ulcerada e extremamente incômoda.
 

Desde 1978 a Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica o líquen plano como sendo uma condição cancerizável. Cerca de 2 a 3% das lesões tornam-se malignas. Porém menos que 0,5% dos líquens plano em não fumantes desenvolvem carcinogênese. É mais comum a transformação maligna em liquens erosivos ou atróficos. O risco de transformação aumenta quando o portador de líquen é exposto a fatores mutagênicos, (pois este torna-se mais sensível), eles são o tabaco, álcool, mascar fumo e a candidíase.

 

COMO TRATAMOS

 

Nenhum tratamento local ou sistêmico específico é uniformemente eficaz no controle do líquen plano. Os corticosteróides constituem o grupo de medicamentos mais eficazes. A aplicação tópica, bem como a injeção local de esteróides, tem sido usada com sucesso no controle, mas não na cura da doença. O líquen plano pode desaparecer e, recorrer após vários anos.
 

A orientação para afastar-se de agentes irritantes de mucosa é fundamental para que não haja maior prejuízo ou exacerbação dos sintomas indesejados, substâncias alcoólicas (bebidas e bochechos), sucos cítricos e temperos devem ser evitados.

Com frequência, a gravidade da doença é proporcional ao grau de estresse do paciente, portanto torna-se fundamental conscientizar o paciente da importância do controle emocional e da realização periódica do acompanhamento da lesão pelo profissional. Muitas vezes o apoio por um psiquiatra ou psicólogo é indicado.

topo